Muita gente tem vontade de produzir seus próprios vídeos, materiais e conteúdos. Porém, para quem já ao menos tentou começar algum trabalho, sabe que isso vai muito além de pegar uma câmera e sair gravando, não é mesmo?

Esse é um tema que é frequentemente alvo de dúvidas dos alunos do nosso Curso de Cinema. Por isso, elaboramos esse post para tentar solucionar algumas delas.

Nessas horas, os equipamentos utilizados fazem toda a diferença. Alguns desses equipamentos são essenciais para a produção de um conteúdo audiovisual de qualidade. Por isso, o blog do LAFilm fez uma lista de equipamentos que são essenciais na hora de tirar as ideias do papel. Confira:

1- Câmera

Como todos sabem, é este o item mais importante para se fazer um vídeo. Porém, ao contrário do que muitos pensam, não é necessário se ter o equipamento mais caro do mercado para produzir um material com qualidade profissional.

Em locais com boa iluminação, câmeras de qualidade HD e com entrada para microfone acoplável são capazes de te dar bons resultados, lembrando, é claro, que a opção mais indicada é o uso de filmadoras de boa qualidade. São boas opções que se adaptam aos mais variados tipos de orçamento: Canon 7D, Canon EOS Rebel T3i, GoPro Hero 3 ou até smartphones com câmeras de alta resolução.

Se for filmar com câmeras HDSLR há, no entanto, um porém. Para sua imagem ficar com aquela “cara de cinema”, você precisa acertar no jogo de lentes. E qual é o jogo de lentes recomendado para um iniciante? Em breve vamos falar disso aqui!

2- Microfone

Apesar de parecer um detalhe, e que muitos deixam passar despercebido, o áudio do vídeo é um dos fatores que mais traz o ar profissional que você deseja para sua produção. Isso se dá porque uma boa captação de som ajuda a transmitir melhor a mensagem que está sendo passada.

Para produções com áudio de qualidade, há vários tipos e opções que devem ser levados em conta e se adaptam a diversas necessidades:

– Microfone de mão: ideal para filmagens no estilo de reportagem, entrevistas e gravações de textos “em off”.

– Microfone de lapela: é aquele tipo de microfone que pode ser preso à roupa. Seu uso é mais indicado para vídeos em que haja muita movimentação e poucas pessoas em quadro.

– Microfone direcional: também conhecido como “boom”, o microfone direcional é ideal para situações em que o som de várias pessoas precisa ser captado junto ao som ambiente. Esse equipamento é essencial para quem quer fazer cinema!

3- Iluminação

Depois de garantir os equipamentos ideais para seu vídeo, é hora de pensar na iluminação. Mesmo com luzes simples, é necessária uma iluminação de qualidade para dar destaque aos elementos mais importantes da sua produção e ampliar a qualidade da imagem que chegará a quem assistir ao vídeo.

Se você quer produzir com qualidade sem investir tanto dinheiro, vai precisar, basicamente, de três tipos de luz: o Sungun, o Softbox e a luz de fundo – fontes de luz necessárias para criar a iluminação de três pontos. Não sabe o que é iluminação em 3 pontos? Fique atento ao blog, em breve vamos explicar!

4- Ilha de edição

Após ter todo o material em mãos é preciso editar seus vídeos. Para começar esse trabalho, é necessário um computador de qualidade elevada, que vai variar de acordo com as necessidades de cada um.

Para conseguir editar seus vídeos com qualidade e sem problemas, recomendamos um computador com placa de vídeo potente. Nos sites dos principais softwares de edição, como Adobe Premiere e o Final Cut X, é possível encontrar tabelas de recomendação de hardware. Como PCs tendem a ser mais baratos que Macs, você pode montar seu próprio PC de edição. Usar um notebook pode ser algo meio frustrante com o tempo, pois notebooks de certas marcas não tem opção de atualização de placas de vídeo.

Uma outra questão para se ter em mente é que um cineasta precisa ter HDs externos, pois vídeos ocupam muito espaço.

Para resultados profissionais e mais iniciantes, respectivamente, são indicados o Adobe Premiere Pro e o Camtasia Studio. São softwares que, dentro de suas capacidades e limitações, atendem bem a quem quer produzir seu próprio conteúdo.

5 – Tripés e acessórios

Se você estiver munido com os componentes indicados, com certeza estará muito próximo de obter um resultado satisfatório em sua produção. Porém, há além disso outros fatores que podem ajudar a atingir uma qualidade ainda maior.

Dentre eles podemos citar o tripé, para trazer maior estabilidade ao seu vídeo, e um cenário interessante, para agregar ainda mais ao conteúdo que está sendo produzido.

6 – Planeje

E por fim, vem o requisito mais importante: a ideia! Sem uma boa ideia, nenhum dos equipamentos citados aqui conseguem transformar sua produção em algo memorável. Por isso, antes de qualquer coisa, pense no que será produzido, com será produzido e trace tudo aquilo que será necessário para chegar lá.

E você, quer conhecer mais a fundo esse universo das produções audiovisuais? Tem vontade de ver e aprender de perto os métodos e técnicas internacionais usados em Hollywood? Então acesse www.lafilm.com.br e conheça todos os nossos cursos!